Há dez anos a guiar marcas na paisagem digital, em particular, dentro do espetro do comércio eletrónico – e alguns cabelos brancos mais tarde –, contamos com um conjunto de aprendizagens, experiências e desafios.

Em mês de aniversário, queremos partilhar alguns pensamentos sobre o que aprendemos durante uma década na indústria. Fiquem com as nossas lições mais valiosas:

 

1. Trabalhar com pessoas que partilham os nossos valores

Por detrás de cada negócio, está uma pessoa. No caso da PRIMARIU, isto não é exceção: a nossa equipa é a parte mais importante. Sem equipa, não estaríamos aqui hoje para contar a história e o mais provável seria não termos alcançado os mesmos resultados com os nossos clientes. Aqui ressalvamos, por isso, a importância de desenvolver relacionamentos significativos com as pessoas com quem trabalhamos. De formar uma equipa na qual confiamos para levar avante a nossa visão e com a qual partilhamos valores.

 

2. Manter uma postura proativa, amigável e profissional
Em todos os momentos, manter uma abordagem amigável e profissional e demonstrar uma postura proativa com os clientes é outro princípio que seguimos. Nos últimos dez anos, a tecnologia avançou imensamente, novos canais foram lançados e conhecemos inúmeras ferramentas. Estamos sempre a aprender e, para isso, procuramos estar atentos às novidades do mercado. Algo que permanece são, pelo contrário, as necessidades básicas e desejos do ser humano, que ditam como o consumidor se comporta e interage. Não se trata de reinventar a roda, mas combinar as últimas tendências e técnicas com este lado humano é com certeza o caminho.

 

3. Trabalhar de perto com as marcas
Vemo-nos como uma extensão dos nossos clientes. Se queremos realmente entender as suas dores e visão de negócio, devemos trabalhar de perto com as marcas. Para tal, precisamos de conhecer intimamente os seus respetivos clientes, objetivos e estratégias. Quer seja através de mensagens no Slack, emails, chamadas ou do envio regular de relatórios, comunicar com os nossos clientes é a chave não só de qualquer campanha, mas também da manutenção de relacionamentos contínuos.

 

4. Tentar algo novo pode levar a resultados incríveis
Este ponto está diretamente ligado à importância de incentivarmos a equipa a arriscar, de forma responsável. Aprendemos que tentar algo novo, “fora da caixa”, pode, de facto, levar a resultados distintos. Há que ter em mente que indústria ecommerce está em constante mudança e avanço – o que funcionou ontem poderá já não resultar amanhã. Tal como a tecnologia se renova, também na PRIMARIU tentamos desafiar-nos a nós próprios a evoluir e a testar novas soluções.

 

5. Aceitar que as coisas nem sempre funcionam
Também acreditamos que faz parte assumir riscos calculados e eventualmente aprender com os nossos erros. Somos humanos, é certo, e as coisas nem sempre correm como imaginávamos! Esta acaba por ser uma maneira de melhorarmos conhecimentos e skills. Fazer reuniões de retrospetiva depois de um projeto ou campanha ajudam a medir resultados e a discutir abertamente o que funcionou, o que poderia ter sido mais bem executado ou de que modo conseguimos, enquanto equipa, corrigir determinadas questões.

 

6. Aprender a ouvir os elementos da equipa
Criar canais de comunicação abertos é essencial para dar uma voz à equipa e recebermos feedback sem filtro. Se pensarmos bem, são eles que implementam processos e lidam dia após dia com os problemas de clientes e que ajudam a chegar às respetivas soluções. Ninguém prospera quando está isolado! Ao ouvirmos a equipa, sabemos de diferentes perspetivas e asseguramos que não têm receio de nos dizer quando acham que tomamos más decisões ou quando algo está a correr mal, por exemplo.

 

7. Nada é garantido

Ao longo destes anos, temos visto muitas empresas a surgir – umas sobrevivem, outras fecham portas. Chegamos à conclusão de que há uma coisa em comum entre as que se mantêm em pé: o compromisso com a qualidade. Não vendemos aos nossos clientes a ideia de que existem atalhos fáceis e rápidos para o seu sucesso. No final de contas, queremos clientes satisfeitos comprometemo-nos a entregar um serviço sólido da mais alta qualidade possível.

 

8. A máquina de café é um ótimo combustível

Muitas vezes, é mesmo assim!

 

9. Tudo isto só é possível quando somos apaixonados

É uma questão de paixão pelo que fazemos, caso contrário, ficamos para trás. Quem pensa gerir uma agência, deve preparar-se para longas horas e para correr atrás dos projetos com determinação. A lição que retiramos é, acima de tudo, acreditar no que fazemos.

 

10. Sentir orgulho em cada etapa

Aprendemos a tratar qualquer projeto, independentemente da sua dimensão, com o mesmo brio. Além do trabalho propriamente dito, aprendemos ainda a assimilar que mesmo com toda a azáfama do dia a dia, temos a obrigação de celebrar as nossas vitórias e as várias etapas, da mais pequena à mais espetacular. Momentos como o nosso primeiro escritório, as certificações conquistadas, os aniversários passados ou simplesmente entregar um trabalho excelente. Tudo são memórias marcantes, mas somos culpados por tantas vezes não reconhecermos devidamente quando atingimos alguns objetivos e metas internas. Hoje fazemos questão de celebrar e valorizar cada vez mais os nossos marcos.

 

Conduzir uma agência obriga a tempo, dedicação, investimento. Mas também faz parte perceber que devemos encontrar um equilíbrio, criar tempo para nós mesmos, para outras paixões e para a família. Dez anos findados, mal podemos esperar pelo que os próximos nos reservam!

Subscrever Newsletter

Selecionamos os melhores updates, case studies, artigos e outros recursos exclusivos.

A PRIMARIU usa as informações fornecidas para entrar em contacto sobre conteúdos, serviços ou outras ofertas, sendo possível remover a subscrição a qualquer momento.