Ambas são hoje reconhecidas soluções ecommerce, mas as últimas tendências de comércio eletrónico mostram que cada vez mais marcas decidem migrar Shopify para Magento. Neste artigo, abordamos 12 vantagens e conselhos para antes e depois da migração:

 

1. FLEXIBILIDADE

Magento é uma plataforma open source que permite a modificação de características existentes, de acordo com os requisitos específicos de cada modelo de negócio, como a seleção de múltiplos idiomas e moedas ou ainda de diferentes preços para cada grupo de consumidores. Além disso, é possível ter diferentes lojas e fazer a gestão de todas através do mesmo painel de administração;

 

2. EXTENSÕES

Outra vantagem é expandir oportunidades com uma larga variedade de extensões disponíveis. No marketplace da Magento encontramos mais de um milhar de extensões gratuitas e premium que melhoram a funcionalidade da loja;

 

3. MOBILE COMMERCE 

A plataforma Magento não fica atrás das tendências mobile e reimagina constantemente as experiências de compra em dispositivos móveis, que resultam em mais tráfego, taxas de conversões mais elevadas e, em consequência, maior volume de receita;

 

4. PREÇO

Magento apresenta duas soluções: Magento Community Edition (grátis) e Magento Enterprise Edition (premium). A escolha da edição assenta nas necessidades específicas de cada um,cuja flexibilidade e recursos servem empresas de todas as proporções;

 

5. ATUALIZAÇÕES FREQUENTES

Ao longo do ano, são lançadas versões atualizadas de Magento, totalmente renovadas com correções a bugs, novos recursos e outras melhorias.

 


 

Uma das formas mais rápidas e eficazes para realizar a migração Shopify para Magento é recorrer a uma equipa de desenvolvimento, mas antes, há que ter em conta alguns fatores:

 

ANTES DA MIGRAÇÃO:

  • Analisar o tráfego e escolher um horário com uma taxa de visitas mais baixa;
  • Notificar os clientes, fornecedores e outros stockholders sobre a migração;
  • Realizar um backup em USB ou em cloud;
  • Confirmar o acesso à informação da loja (painel de administrador, FTP, API Keyword, API Password).

 

DEPOIS DA MIGRAÇÃO:

  • Fazer redirecionamentos 301, criar páginas 404 e gerar o sitemap (SEO não migra);
  • Personalizar o design (design não migra);
  • É possível migrar as contas de clientes, mas as suas passwords não serão juntamente migradas. Por isso, é necessário solicitar-lhes que façam a recuperação da respetiva palavra-passe depois da migração.

 


 

Escolhido por indústrias de todos os setores, Magento ocupa cada vez mais quota de mercado. Estas são apenas algumas razões que dão credibilidade ao líder mundial em comércio eletrónico e inovação em cloud. Acima de tudo, é essencial recorrer a uma plataforma que vá ao encontro de todas as necessidades da marca.

Subscrever Newsletter

Selecionamos os melhores updates, case studies, artigos e outros recursos exclusivos.

A PRIMARIU usa as informações fornecidas para entrar em contacto sobre conteúdos, serviços ou outras ofertas, sendo possível remover a subscrição a qualquer momento.